• quarta-feira , 4 maio 2016

Empresários ou Agentes de Futebol. Qual a influência deles?

Galera.

Lá vem mais um post informativo do Futebol Peneira. Lembramos que é muito importante que todos os candidatos conheçam o meio esportivo antes de querer entrar nele definitivamente.

Inicialmente, é fundamental diferenciar o procurador do empresário ou agente de futebol. Conforme definiu Leonardo Andreotti Paulo de Oliveira em seu artigo O Empresário de futebol na realidade brasileira, “o procurador tem a básica função de representar o atleta em qualquer ato de negociação em que esteja envolvido, podendo exercer esta figura, e é o que ocorre na maioria dos casos, o pai do atleta, bem como seu irmão, tio, enfim, alguém de sua confiança. Ele fala em nome do atleta perante os referidos atos de negociação, desde que esteja munido de instrumento de mandato, ou seja, uma procuração, outorgando poderes, gerais ou específicos, para que tome determinadas decisões, o fazendo de forma onerosa ou gratuita, conforme o combinado entre as partes. Assim, chega-se a conclusão de que esta função não chega a ser uma profissão, sendo
simples condição acordada entre as partes.”

Já o Empresário é um profissional engajado em auxiliar o atleta na busca por times, competições representado-o legalmente na confecção de contratos e negociações. Trata-se de um cargo regulamentado pela FIFA, com inúmeras atribuições previstas e regras a serem seguidas conforme você pode conferir no mesmo artigo.

Invariavelmente, a associação do atleta com o agente torna-se imprescindível para o sucesso na carreira, dificilmente o jovem sem essa parceria consegue prosperar na carreira uma vez que os clubes já mantém acordos com esses profissionais. Não se trata necessariamente de uma máfia ou algo ilegal como a imprensa veicula frequentemente, mas certamente essa estrutura é falha e deixa passar inúmeros talentos em prol de quem tem mais “contato”. Apesar disso, poucos ainda conseguem seguir em frente sem o auxílio dos agentes.

Vale lembrar que, como em todos os meios, existem pessoas sérias e comprometidas e outras picaretas e maus-caracteres (repare que no vídeo abaixo tem um trecho que comenta sobre isso). Nesse caso é fundamental que o futuro atleta saiba distinguir os dois tipos, a fim de evitar frustrações e qualquer outro tipo de acontecimento. (NÃO SE ILUDA COM GRANDES PROMESSAS!)

No vídeo a seguir o empresário do Mano Menezes (ex-técnico da seleção brasileira) explica como se dá a busca por novos talentos. Vale a pena conferir.
http://globotv.globo.com/sportv/arena-sportv/v/carlos-leite-explica-como-funciona-a-busca-por-novos-talentos-e-os-contratos-com-jogadores/2481656/

A Equipe FP está buscando as melhores informações para quem deseja ser jogador de futebol. Siga sempre conosco!

Resumo
Título
Empresários ou Agentes de Futebol. Qual a influência deles?
Descrição
Entenda a diferença entre empresários e procuradores no futebol e a influência deles para você ingressar no futebol.
Autor
Empresários ou Agentes de Futebol. Qual a influência deles? Futebol Peneira

Avalie a dica

Muito pouco
Pouco
Médio
Boa!
Muito boa!

Summary: Gostou dessa dica? Avalie-a abaixo

3

Empresários do futebol

User Rating: 4 (12 votes)

Relacionados